Alimentação voltada para melhor rendimento no Exame da OAB

Alimentação voltada para melhor rendimento no Exame da OAB

Meus caros amigos que irão prestar o exame de ordem, hoje vamos falar de uma questão relevante, porém às vezes pouco observada pelos candidatos da prova da OAB. A alimentação! Sim, você pode aumentar o seu aproveitamento nos estudos, bem como elevar significativamente seu rendimento no exame de ordem, se souber escolher bem os seus alimentos.

Você pode ter usado diferentes técnicas de estudo, se não cuidar da alimentação poderá ter fadiga prematura e perda de concentração.

O nosso cérebro, assim como um motor, prescinde de combustível para que possa operar com perfeita eficiência. Por isso, vamos a algumas considerações sobre a alimentação antes e durante a prova.

 
 

Alimentação antes da prova

Se você anda com preguiça de estudar. Se você já acorda cansado. Se vive tendo brancos logo depois de uma leitura, mesmo tentando manter a concentração.

Todos estes sintomas podem ser alguns sinais de que você não está se alimentando muito bem. E, por isso, vamos apresentar algumas dicas para melhorar sua alimentação!

 

Opte por cereais integrais

Sua capacidade de concentração está diretamente ligada com o fornecimento adequado de energia, mais especificamente através da glicose que é levada ao seu cérebro através da corrente sanguínea.

Segundo os neurobiólogos, as células usam a glicose como fonte de energia e intermediário metabólico. E você poderá encontrar glicose de qualidade nos alimentos integrais, que irão liberá-la lentamente na sua corrente sanguínea, mantendo você mentalmente alerta durante o dia todo.

Opte por cereais “marrons”, encontrado em pães e massas integrais.

 

Peixes gordos

O consumo de peixes gordos melhora seus rendimentos nos estudos para Exame de Ordem

Isso mesmo, você não leu errado. Estamos indicando o consumo de peixes gordos, embora o mais apropriado talvez fosse dizer gordura de peixe. Segundo o EUFIC (Conselho Europeu de Informação Alimentar), os ácidos graxos, como o ômega-3, são essenciais para a manutenção e promoção da saúde, sendo que o corpo humano não é capaz de produzi-lo. O ômega-3 é encontrado em peixes gordurosos, como é o caso do salmão, atum, truta, cavala, sardinha e outros.

 

Dentre os benefícios provenientes do consumo do consumo de ômega-3, podemos citar:

  • melhora as funções cerebrais
  • redução do estresse
  • redução do LDL (colesterol ruim)
  • melhora na circulação sanguínea
  • maior estabilidade cardíaca
  • controle da pressão arterial
  • combate inflamações
  • ajuda a reduzir os efeitos colaterais da TPM nas mulheres
  • auxilia na manutenção dos níveis de testosterona
  •  

    Outras boas fontes desse precioso nutriente são: são boas fontes a semente de linho (linhaça), óleo de soja, sementes de abóbora, óleo de noz e grãos de soja.

     

    Frutas e Verduras

    Segundo o Instituto Salk da Califórnia (EUA), fisetina é um flavonóide considerado fundamental para manter sua memória jovem, devido sua função de estímulo à formação de novas conexões entre os neurônios (ramificações) e seu fortalecimento. Este composto natural auxiliará na comunicação intraneural, aumentando também sua capacidade de pensar, concentrar, aprender e memorizar.

    Algumas frutas são ricas em fisetina, como é o caso do morango, pêssego, uva, kiwi, tomate e maçã. Você também pode encontrá-la nos seguintes vegetais: cebola e espinafre.

     
     

    Alimentação durante a prova

    A alimentação durante a prova é um tópico que merece sua total atenção. No dia do Exame de Ordem já vimos de tudo: desde pequenos lanches e guloseimas, até uma preparação digna de uma guerra!

    Há quem não leve nada além de água, mas isso está longe do ideal. Vejamos o que você pode levar no dia da prova que fará diferença real no seu desempenho.

     
     

    O consumo vitamina C (frutas e verduras) melhora seus rendimentos nos estudos para Exame de Ordem

    Muita Vitamina C

    A vitamina C tem o poder de aumentar a agilidade mental. A lentidão no raciocínio pode repercutir negativamente no resultado da sua prova. Logo após sair do local de prova, muitos candidatos se dão conta que erraram algo que tinham o conhecimento para responder corretamente e isso é algo muito comum de acontecer. Pois é! Consumir vitamina C pode evitar que isso aconteça com tanta frequência, melhorando o seu desempenho nas provas.

     

    Ótimas fontes dessa vitamina:

    Frutas: abacaxi, acerola, goiaba, laranja, limão, tangerina, kiwi, caju e morango.

     

    No dia da prova, leve um suco natural de qualquer uma destas frutas e sinta a diferença!

     
     

    Chocolate

    O chocolate é o alimento predominante nos dias de prova, praticamente uma unanimidade entre os examinandos. Apesar disso, muitos desconhecem suas propriedades benéficas ao corpo humano. O chocolate é uma ótima fonte de energia que, juntamente com uma boa hidratação, irá lhe ajudará a manter o ritmo de prova.

     

    O consumo de chocolate melhora seus rendimentos durante a prova - Exame de Ordem

    No chocolate amargo, que possui maior percentual de cacau e menos açúcar em sua composição, também estão presentes compostos bioativos conhecidos como flavonóide, que melhoram a memória e velocidade de raciocínio. Mas a sua principal ação e razão pela qual deve ser levado no dia da prova é que ele possui substâncias que podem melhorar o bem estar mental, o humor e o relaxamento, diminuindo a ansiedade e o stress. Isso ocorre devido ao fato do chocolate ser rico em triptofano, um aminoácido que aumenta a produção de serotonina no cérebro.

     

    Vale ressaltar que os mesmos benefícios não foram encontrados no chocolate ao leite e branco. Apesar das vantagens no consumo dessa guloseima, lembramos que o chocolate é um alimento rico em calorias, fazendo com que seu consumo exija a redução na ingestão de calorias advindas de outras fontes.

    Caso você tenha algum problema com a ingestão de doces, o chocolate pode ser substituído por uma barra de cereal, que trará sensação de saciedade e garantirá que você não perca a concentração na hora da prova.

     

    Água

    Mesmo levando suco para garantir a ingestão de vitamina C, sugerimos que você leve também uma garrafinha d’água para hidratação no decorrer da prova. No Durante o exame, beba água a cada 20-30 minutos ou sempre que sentir necessidade.

     
     

    Sugestão de cardápio para o dia da prova

     

    Café da Manhã

  • Pão integral, cereais ou granola
  • Leite ou iogurte desnatado
  • Queijo branco ou geleia
  • Linhaça
  •  

    Almoço

  • Arroz integral ou macarrão integral (maior tempo de saciedade)
  • Peixe ou frango, assado ou grelhado
  • Salada (à vontade)
  • Fruta de sobremesa
  •  
     

    Atenção: Evite frituras em seu almoço!

    Com isso você estará com uma dieta adequada para sua preparação para Exame de Ordem e fará uma prova com muito mais chances de lograr êxito.

    Se tiver alguma dica ou sugestão de algum alimento em especial, não esqueça de nos enviar através dos comentários, ok?

    Importante: as informações fornecidas tem caráter meramente informativo, sendo imprescindível a consulta de um nutricionista para elaboração de uma plano alimentar individualizado para suas necessidades.

     
     
     

    Preparação para Exame da OAB e o Prazer em Aprender

    Aprovação no Exame de Ordem: Mérito ou Obrigação?

     

    Deixe seu Comentário