Absolutamente TUDO para sua Aprovação na OAB

Blog do Curso Prova da Ordem

Avatar Lucas Avila

por

Advogado, especialista na Prova da OAB e técnicas de estudo. Atuou como Juiz Mediador do Tribunal de Mediação e Arbitragem do RS - Professor de Direito Civil e Processo Civil em cursos preparatórios para Concursos (Exattus - Uruguaiana/RS e Cursos Elite - Itajaí/SC) e criador de conteúdo para Estudantes de Direito há mais de 8 anos.

Quatro verdades sobre o Exame de Ordem

Ao invés de ler toda matéria, que tal ouvi-la? Experimente no player abaixo:

Após a divulgação da lista de aprovados na última edição do Exame de Ordem, muitos dos examinandos amargam a reprovação e têm que buscar força para retomar tudo de novo para mais uma tentativa.

A frustração é inevitável 😔. Isso é normal. Acontece em qualquer projeto em que nos empenhamos e não obtemos sucesso.

Todavia, a reprovação também é uma oportunidade. O gabarito evidencia exatamente onde erramos e precisamos melhorar.

Tudo vai depender de como você encara esse momento. Ou você ignora esse diagnóstico; ou vai buscar soluções para mudar esse quadro.

Mas além disso, existem alguns pilares, quatro verdades sobre o exame da OAB, que precisam ser consideradas nessa reavaliação.

Sua reprovação pode ter passado pela ausência de algum desses pontos-chave. Vamos a eles.

1) Com um Plano a Prova Fica Mais Fácil

Dentre os tópicos mais destacados aqui no Curso Prova da Ordem, a importância de se ter um Roteiro de Estudos 🎯 bem estruturado e adequado à rotina do estudante é um dos pontos mais repisados.

A falta de planejamento resulta em desperdício de tempo e falta de estímulo. É como caminhar no escuro, o passo dado nunca é com segurança total.

Um roteiro lhe permitirá correr.

Se você não está acostumado com o conceito de Roteiro de Estudos, recomendo a leitura da publicação abaixo:

👉 Conheça e Baixe nosso Roteiro de Estudos para 1ª Fase totalmente Gratuito.

2) Material Direcionado economiza tempo

Muitos examinandos têm o caderno organizado e a coleção completa dos livros que o professor recomendou durante a graduação. No entanto, para o exame de ordem eles pouco serão úteis.

Diante da vastidão de temas possíveis de serem exigidos, é importante que você se prepare utilizando material específico 📚 para o certame ou que produza os seus, considerando os assuntos mais cobrados na OAB para garantir uma preparação assertiva.

Para superar o exame de ordem, você precisa ser pragmático, priorizando os temas que a banca já demonstrou serem de sua preferência ao longo dos anos.

Quem estuda aleatoriamente, sem foco no conteúdo que faz parte do perfil da banca, pode amargar muitas reprovações até conseguir passar.

3) Controle Emocional é tão importante quanto estudar

Diferente do que ocorre nos concursos públicos, que objetivam a seleção dos profissionais mais qualificados para ocupação das vagas disponíveis, no exame de ordem não há um número limite de vagas para os aprovados.

Teoricamente, se todos alcançarem a média, a íntegra dos examinandos inscritos estariam aptos ao exercício da advocacia. Neste cenário, portanto, o exame de ordem está na categoria das provas habilitatórias.

Isso deixa, ao mesmo tempo, mais fácil e mais difícil o certame. Pois, na medida em que não há concorrentes, o examinando se torna o seu mais cruel adversário. Afinal, teoricamente, só depende dele.

Por isso, uma das frases mais repetidas por aí é que “Basta estudar que passa“. O que, no exame de ordem, não é uma verdade.

Da mesma forma que a maioria das pessoas não gosta de mencionar que reprovou na prova de habilitação para dirigir veículo automotor, acontece no Exame da OAB, mas muito pior.

Passar no certame é uma questão de honra para muitos examinandos isso pode causar ansiedade.

Por essa razão, além de estudar — o que obviamente é o primeiro de todos os requisitos para a aprovação —, é preciso ter inteligência para não fazer da prova um desafio maior do que ela realmente é 🧘‍♂.

Muitas reprovações passam pelo fator emocional.

Se necessário, procure ajuda profissional.

4) Sem fazer Simulados é MUITO mais difícil

Mesmo que alguém estude durante anos a teoria do futebol, isso não significa que ele terá um bom desempenho em campo, em uma situação real de jogo.

Em que pese possa soar estranha a comparação, a realidade é que seu cérebro precisa estar treinado para a prova tanto quanto o seu corpo deve estar acostumado com os movimentos de um esporte para obter um bom desempenho.

Se você não tiver domínio sobre a forma como o conteúdo será exigido pela banca, a possibilidade de erro é maior.

Portanto, você não pode temer simulados ou o teste de seus conhecimentos, pois será através deles que o terreno da prova ficará mais amigável.

Estas foram as quatro verdades sobre o exame da OAB que podem fazer muita diferença para quem está reavaliando ou pensando sua preparação nesse momento.

Bons estudos.

Plataforma de Questões Comentadas para 1ª Fase OAB

📲 Plataforma de Questões Comentadas

Conquiste sua Aprovação na 1ª Fase da OAB estudando através de Questões Comentadas! Resolver provas anteriores é a maneira mais eficaz de preparação para a prova objetiva da OAB. Ao utilizar essa técnica de estudo, os examinandos podem conhecer melhor a maneira que a banca examinadora exige o conteúdo, perdendo o medo da prova e adquirindo muito mais confiança para encarar o certame.

Saiba mais sobre esta técnica de estudo →

Receba com exclusividade nossas publicações sobre o Exame de Ordem

Preencha seu nome e e-mail para ficar por dentro de todas as novidades sobre a Prova da OAB.

Informe o seu nome.
Informe o seu e-mail.