Absolutamente TUDO para sua Aprovação na OAB

Blog do Curso Prova da Ordem

Exame de Ordem FGV
Avatar Lucas Avila

por

Professor, advogado, especialista em Direito e Processo Civil, bem como na Prova da OAB e técnicas de estudo. Me siga no instagram: @proflucasavila

Exame de Ordem FGV

Em vez de ler toda matéria, que tal ouvi-la? Experimente no player abaixo:

O Exame de Ordem FGV possui características próprias do perfil da banca que a conduz.

Conhecer o perfil da banca é importante nos concursos públicos e, no Exame de Ordem, não é diferente.

Desde que a CESPE passou o bastão para que a FGV aplicasse o certame, as transformações, mesmo que de forma gradativa, ocorreram edição após edição até que chegássemos ao perfil que a prova apresenta hoje.

Dessa forma, entender como, por quê e quais foram essas mudanças é importante para que você tenha sucesso na prova da OAB.

Por isso, nessa publicação, trarei uma análise completa dessa nova realidade, bem como links e outras informações relevantes sobre o certame para que você saiba exatamente como tudo funciona e como deve se preparar para ser aprovado.

Transição da banca CESPE para o Exame de Ordem FGV

A última edição do Exame de Ordem aplicado pela banca CESPE foi a de 2010.1, que também foi a primeira prova de unificação e aplicação nacional do certame.

A razão da mudança, acredita-se, foram alguns episódios particulares de vazamento de provas.

Segundo apuração da Polícia Federal, na prova prático-profissional do 3° Exame de Ordem de 2009, suspensa após suspeita de irregularidade, foram 26 candidatos com acesso às provas.

Diante disso, a banca não resistiu no comando da aplicação do certame e a OAB fechou contrato com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), que assumiu o certame a partir da edição 2010.2 e, embora com algumas falhas, continua responsável pela prova até os dias atuais.

Em um primeiro momento, não foi possível notar uma mudança relevante no perfil da prova. Todavia, edição após edição, a Fundação Getúlio Vargas (FGV) passou a imprimir sua marca.

Principais alterações do Exame de Ordem FGV

A primeira coisa que mudou na prova foi a remoção de enunciados de questões que propunham “marque a incorreta” ou que pediam para julgar quais itens do enunciado estavam corretos (apenas I e II, todos, apenas I etc.).

No modelo anterior, muitos erravam as questões por descuido ao confundir o comando de “marque a correta” com “marque a incorreta”. Isso acabou.

Na gestão da Fundação Getúlio Vargas (FGV), todas as questões do Exame de Ordem, na primeira fase, pedem que o examinando marque a alternativa correta.

Alguns irão dizer que se tratava de falta de atenção do pessoal, mas quem faz a prova sabe a maratona que é conseguir resolvê-la dentro do tempo proposto. Então, é normal que, em algum momento, a atenção/concentração diminua e esse erro aconteça.

Já questões que pediam para que diversos itens fossem avaliados exigiam muito mais tempo de raciocínio do examinando. Confesso que nunca gostei dessa modalidade.

Para quem não está lembrado, esse é um exemplo.

Na época, a prova tinha 100 questões, e essas mudanças foram vistas com otimismo pelos examinandos que clamavam por mais tempo para responder às questões.

Então, em junho de 2011, a prova diminuiu de 100 para 80 questões na prova objetiva.

Mas nem tudo são flores. Apesar dessas alterações, a prova não ficou mais fácil. Pelo contrário, seu nível de dificuldade cresceu.

Plataforma de Questões Comentadas para 1ª Fase OAB

📲 Plataforma de Questões Comentadas

Conquiste sua Aprovação na 1ª Fase da OAB estudando através de Questões Comentadas! Resolver provas anteriores é a maneira mais eficaz de preparação para a prova objetiva da OAB. Ao utilizar essa técnica de estudo, os examinandos podem conhecer melhor a maneira que a banca examinadora exige o conteúdo, perdendo o medo da prova e adquirindo muito mais confiança para encarar o certame.

Saiba mais sobre esta técnica de estudo →

Aumento do texto dos enunciados e alternativas

O número de questões pode ter diminuído, mas, em contrapartida, houve um aumento no volume de texto dos enunciados e das alternativas.

Vejam os exemplos abaixo:

CESPE:

32° Exame de Ordem – CESPE

FGV:

XXXI Exame de Ordem FGV

É bem perceptível o acréscimo de texto no Exame de Ordem FGV.

Junto disso, as questões passaram a ter uma abordagem mais prática, em que os enunciados, em sua maioria, trazem em seu corpo uma narrativa de fatos que têm relação com algum tema do Direito.

Isso faz sentido, já que a avaliação busca exatamente verificar se o examinando está apto para encarar um caso prático no exercício da profissão.

Diante disso, a leitura que se faz é que a redução do número de questões na fase objetiva veio para preparar o terreno para esse aumento no volume de texto e de perfil de questões.

Ou seja, hoje o examinando deve estar mais afiado na leitura e interpretação de texto do que antes.

Quantas provas da OAB a FGV aplica por ano?

O Exame de Ordem já teve menos edições por ano. Atualmente, sob o comando da FGV, são três edições anuais.

Em regra, uma prova é aplicada no começo do ano, outra no meio e outra no fim.

Para conferir o calendário completo e atualizado do Exame de Ordem, clique no link abaixo:

👉 Calendário OAB Completo

Como realizar a inscrição no Exame de Ordem FGV?

O prazo de inscrição do Exame de Ordem sempre abre logo após a divulgação do edital e fica aberta durante aproximadamente 10 dias.

Esse prazo, no entanto, varia um pouco. Assim, é essencial que você SEMPRE confira.

Além disso, há uma diferença entre o prazo para inscrição e o prazo para o PAGAMENTO do boleto. Fique atento a isso também!

Em todas as edições, há quem perca o prazo de inscrição ou o prazo para o pagamento do boleto… Não seja uma dessas pessoas.

Como se preparar para o Exame de Ordem FGV?

Diante da mudança de perfil do Exame de Ordem ao longo do tempo, a metodologia que traz mais resultados, tanto na primeira, quanto na segunda fase, é a resolução de provas anteriores.

São três edições anuais. Logo, embora a FGV se esforce para criar questões inéditas, fatalmente as temáticas se repetem.

Com isso, ao resolver um universo de, por exemplo, 10 provas de edições anteriores, você consegue perceber as preferências da banca dentro de cada disciplina e direcionar seus esforços que seu estudo seja realmente eficaz.

Ao resolver questões, você compreende o perfil da banca e como ela exige o conteúdo. Isso facilita MUITO.

A eficácia dessa metodologia é comprovada por meio de anos de experiência com nossos alunos aqui no Curso Prova da Ordem.

Percebemos que, quanto mais questões o aluno resolve, maior sua chance de aprovação.

Os relatos de quem resolve 800 ou mais questões (que correspondem ao universo de 10 provas) são de mais de 45 acertos na primeira fase.

Por isso, inclusive, lançamos o nosso desafio das 2700 questões comentadas. Quem faz, passa.

Além disso, para tornar o estudo através desse método de estudos ainda mais eficiente, disponibilizamos um roteiro de estudos para OAB baseado nos assuntos mais cobrados no certame.

Experimente!

Combo de Apostilas para 1ª Fase OAB

📚 Combo de Apostilas para OAB

Material COMPLETO para sua Aprovação na OAB. São 24 apostilas digitais com 50% de desconto! Ao fazer a compra do material, você ainda ganha 4 brindes exclusivos e tem direito às atualizações das apostilas pelo período de 12 meses. Ou seja, a garantia de material sempre atualizado e de qualidade, algo essencial para uma boa preparação. Ficou interessado(a)? Adquira o Combo de Apostilas do Curso Prova da Ordem por apenas 12x de R$ 18,88 no cartão de crédito ou R$ 189 no boleto.

Saiba mais sobre o Combo de Apostilas →

Confira também:

👉 Resumo de Direito Administrativo para OAB

👉 Como vencer a procrastinação e passar na OAB?

👉 Artigos mais cobrados na 1ª Fase da OAB

👉 Estudo e depressão: como lidar com o peso do Exame de Ordem?

Receba com exclusividade nossas publicações sobre o Exame de Ordem

Preencha seu nome e e-mail para ficar por dentro de todas as novidades sobre a Prova da OAB.

Informe o seu nome.
Informe o seu e-mail.