Absolutamente TUDO para sua Aprovação na OAB

Blog do Curso Prova da Ordem

Avatar Prova da Ordem

por

Site especializado em aprovar Bacharéis em Direito no Exame de Ordem. Conquiste sua aprovação na OAB!

Estudar por Conta Própria ou Fazer Cursinho Preparatório OAB?

Escolher entre estudar sozinho ou fazer cursinho preparatório OAB é uma decisão difícil.
 
Ela envolve diversas questões, como: disponibilidade financeira; disponibilidade de tempo; metodologia de estudo mais adequada para seu perfil, etc., – o que, naturalmente, acaba gerando muitas dúvidas.
 
O Exame de Ordem é uma avaliação que reprova a maioria dos candidatos a ela submetidos, possuindo índice de aprovação por volta de 20% de seus inscritos.
 
Em algumas edições, este índice chegou a ser de apenas 13% (ou seja, nesta ocasião apenas 1 a cada 10 inscritos foi aprovado).
 
Considerando que todos desejam realizar a melhor preparação possível objetivando a aprovação na OAB, nesta publicação trarei elementos para lhe ajudar nesta decisão, apontando o ônus e o bônus de cada uma destas possibilidades.
 
 

Por que Planejar sua Preparação para o Exame da OAB?

 
A despeito do que muitos dizem por aí, o Exame de Ordem está longe de ser uma prova simples – vide a estatística de aprovação acima mencionada.
 
Na primeira fase são exigidos 17 ramos do Direito, distribuídos de forma não uniforme entre 80 questões.
 
Para avançar de etapa, o examinando precisa contemplar 50% de acertos, ou seja, 40 questões.
 
Nesta fase do certame costumam ficar para trás de 50 a 60% dos candidatos.
 
Na 2ª fase, por sua vez, apesar de abordar assuntos de uma disciplina somente, trata-se de avaliação igualmente difícil.
 
O candidato precisa resolver uma questão prático-profissional, por meio da elaboração de uma peça, além de responder até 4 questões dissertativas com três ou mais itens cada uma.
 
Além da dificuldade do conteúdo, nesta etapa há uma verdadeira corrida contra o tempo.
 
Como consequência, na fase prático-profissional acabam reprovando mais da metade dos que chegaram até ela.
 
Ao fim do processo avaliativo, chegamos a média de aprovação de aproximadamente 20% dos candidatos.
 
Portanto, acreditar que o Exame de Ordem trata-se de uma avaliação simples pode ser uma grande armadilha.
 
Ao subestimá-la, diante da complexidade fruto de características únicas desta avaliação, facilmente você poderá ser pego de surpresa.
 
Portanto, independentemente da escolha que você vier a fazer entre estudar sozinho ou fazer cursinho preparatório OAB, planeje a sua preparação a fim de evitar problemas.
 
Tome medidas como:

  • Estabelecer metas;
  • Dar preferência para o estudo dos assuntos mais cobrados no Exame de Ordem;
  • Conhecer as regras do edital da OAB;
  • Buscar métodos de otimização para seu estudo;
  • Etc.

Conheça nosso Roteiro de Estudos para OAB

 
 
Antes de abordar aspectos das duas opções de preparação em análise, é importante destacar que nós possuímos vias limitadas para aquisição de conhecimentos.
 
O nosso corpo e seus diversos sentidos centralizam a instrumentalização do processo cognitivo.
 
O que torna o ato de aprender, em si, algo solitário. Dessa forma, sua decisão deve ser pautada apenas em você, considerando suas características únicas.
 
Você pode consultar colegas e seus pares em relação a credibilidade de algum material ou cursinho, mas qualquer que seja sua escolha, é importante que você olhe para si no momento da decisão.
 
Bom… vamos lá.
 
 
 

Estudar Sozinho para OAB

 
Estudar por conta própria apresenta certos desafios e, dependendo do seu perfil, será ou não uma boa opção de preparação para OAB.
 
Mas se lhe servir, pode trazer benefícios ímpares tanto para o seu desafio atual, quanto para os futuros.
 

Confira Como Estudar por Conta Própria para Exame da OAB?

 

 
 
Portanto, antes de optar por estudar sozinho para OAB, faça-se as seguintes perguntas:
 
 
 

Como é sua disciplina para estudar?

 
Estudar Sozinho para OAB exige um grau maior de disciplina. Seja honesto consigo mesmo e responda o quanto você está disposto a comprometer-se consigo mesmo para cumprir suas metas.
 
Nesta modalidade, não haverão aulas diárias para guiar seu ritmo de estudo, nem de pessoas para ajudar na manutenção do ânimo para estudar.
 
Para Estudar Sozinho para OAB, você deve ser capaz de organizar seu tempo e seguir a risca seu planejamento para ter resultados satisfatórios.
 
Caso você nunca tenha construído um planejamento de estudo, conheça nosso Roteiro de Estudos para OAB 1ª Fase.
 
 
 

Você sabe tirar suas próprias dúvidas?

 
Um dos principais obstáculos de estudar sozinho para OAB, é obter resposta para dúvidas que, inevitavelmente, irão surgir durante o processo de estudo.
 
Com o advento da tecnologia, que nos permite buscar praticamente resposta para tudo na internet, esta dificuldade até foi mitigada.
 
Mas exige do estudante um filtro apurado em relação a fonte consultada, a fim de garantir a fidelidade da informação, além de certa expertise para realizar essas buscas de forma eficiente.
 
Além desta habilidade para “buscas online”, para estudar sozinho para OAB você deve ser capaz de identificar quando um material é qualidade (livros, apostilas, anotações etc), evitando informações equivocadas.
 

Combo de Apostilas para OAB

Ter um material base para nortear seus estudos é essencial para um bom desempenho na Exame da OAB e você não tem tempo a perder, utilize sempre materiais de qualidade e ATUALIZADOS!

Saiba mais sobre o Combo de Apostilas

 
Antes de decidir estudar sozinho para OAB, avalie como você irá lidar com dúvidas que irão surgir durante o processo.
 
Possuindo estas competências, você estará apto a experimentar o estudo solitário, que possui, além de outros benefícios, quatro principais vantagens:
 

  • É financeiramente mais em conta;
  • Permite maior flexibilidade metodológica;
  • Traz autonomia ao estudante;
  • É um modo mais ativo e menos passivo de aprendizado.

 
 
 

Breve consideração sobre Estudo Ativo x Estudo Passivo

 
ESTUDO ATIVO: Neste método o aluno pratica ações que resultarão no aprendizado. Ex: resolução de questões, ensinar alguém etc.
 
ESTUDO PASSIVO: Neste método o estudante apenas “recebe” informações para aprender. Ex: videoaulas.
 
É pela falta de equilíbrio entre os dois métodos que faz com que uma grande quantidade de alunos passem ANOS sem passar na OAB, apesar de assistirem todas as videoaulas do curso.
 
O Estudo Ativo é mais cansativo em relação ao Estudo Passivo, mas embora este último canse menos, pode trazer uma falsa impressão de que você aprendeu tudo por ter assistido a aula.
 

Confira também: Estude por meio de Questões Comentadas da OAB

 
 
 

Estudar por Cursinho Preparatório OAB

 
Este é o modo de preparação para quem busca orientação praticamente integral do que estudar durante a preparação para OAB.
 
Com pouca – ou nenhuma – margem para que o estudante trabalhe, o cursinho preparatório OAB é a opção ideal para quem deseja uma fórmula pronta.
 
Todavia, não é por estar “tudo pronto” que o resultado positivo está garantido. Cada cursinho preparatório OAB possui um método específico e, nem sempre, ele será o mais eficiente para você.
 
Apesar de apresentar um cronograma para apresentação do conteúdo, é importante analisar se você conseguirá cumprir a carga horária do curso dentro da sua rotina.
 
Muitas são as pessoas que não conseguem dar conta das aulas dos cursos preparatórios.
 
Isso pode atuar negativamente no ânimo do estudante, que passa a considerar não ter estudado tudo que era necessário para realizar uma boa prova.
 
Apesar desta pouca flexibilidade, estudar por meio de cursinhos preparatórios para OAB traz maior tranquilidade em relação a fidedignidade do conteúdo, que normalmente é lecionado por professores especializados em suas respectivas áreas.
 
Em relação às eventuais dúvidas que possam surgir durante a preparação para OAB, os cursinhos costumam oferecer suporte para seus alunos, oportunizando meios para que eventuais dúvidas sejam sanadas pelos professores.
 
No tocante ao material, o cursinho preparatório OAB, em regra, oferecem materiais de apoio baseados nas aulas apresentadas, além das sugestões que normalmente são trazidas pelos professores, que indicam livros e materiais.
 
O que passa a ser uma preocupação a menos para o estudante.
 
Acredito que em relação ao que foi abordado sobre o tema, o estudo por meio de Cursinhos Preparatórios para OAB apresenta três vantagens:
 

  • Planejamento predefinido;
  • Traz mastigadas informações pertinentes ao certame;
  • Maior suporte ao estudante.

Confira: O que é melhor na Preparação para OAB: Curso Online ou Presencial?

 
 
Estudar Sozinho para OAB é financeiramente mais em conta, permite maior flexibilidade metodológica, traz autonomia ao estudante e um modo de estudo mais ativo do que passivo;
 
Fazer Cursinho Preparatório OAB, por sua vez, traz mais tranquilidade em relação ao que deve ser estudado, traz mastigadas informações sobre regras do edital e outros aspectos do certame, bem como maior suporte para eventuais dúvidas que o estudante possa vir a ter.
 
Independentemente da escolha que você faça, sinta-se livre para experimentar. Se uma opção não funcionar, mude e tente novamente com algo diferente.
 
Estas foram algumas das minhas considerações Estudar Sozinho ou fazer Cursinho Preparatório OAB, a fim de trazer luz para a dúvida que obscurece a mente de muitos.
 
Se você achou útil esta informação, não esqueça de compartilhar com seus colegas!
 
Bons estudos.
 
 
 

Sistema de Provas Online

Conquiste sua Aprovação na 1ª Fase da OAB estudando através de Questões Comentadas! A melhor técnica de estudo é a prática na resolução de questões de edições anteriores.

Saiba mais sobre esta técnica de estudo

 
 

Receba com exclusividade nossas publicações sobre o Exame de Ordem

Preencha seu nome e e-mail para ficar por dentro de todas as novidades sobre a Prova da OAB.

Informe o seu nome.
Informe o seu e-mail.