Exame da OAB vs Carnaval – Na Folia da Aprovação

Exame da OAB vs Carnaval - Vale a pena cair nessa folia?
 
Olá OABeiros,
 
Eis que está chegando o Carnaval, a festividade que é praticamente uma marca nacional e que dificilmente alguém consegue passar sem sentir sua influência. O clima do país muda totalmente, de norte a sul, sendo que em alguns lugares, como é o caso do Estado do Rio de Janeiro, Bahia e São Paulo, por exemplo, a folia começa até mesmo antes da data oficial.
 
Ou seja, dependendo de onde a pessoa residir, optar pela curtição do Carnaval pode custar até uma semana desconectado de tudo. Mas, para quem está se preparando para o Exame de Ordem, será que vale a pena embarcar nesta folia? Se você tem refletido sobre isso, está publicação é para você!

O que é mais importante para você?

Desde que comecei a me aprofundar em publicações tratando de organização nos estudos para Exame da OAB, tenho sentido a necessidade de reforçar a questão das PRIORIDADES. Quando decidimos alcançar um objetivo, como é o caso da aprovação no exame de ordem, temos que, inevitavelmente, fazer escolhas. E nem sempre são escolhas fáceis de serem tomadas.
 
Ter uma prioridade, faz com que tenhamos um parâmetro bastante objetivo que, em regra, coloca todas as outras coisas abaixo desta. Então faça-se a seguinte pergunta: Qual é a minha prioridade?
 
 

Mas são três Provas da OAB por ano!

Possivelmente, essa é uma ideia que vem à mente de alguns examinandos foliões, que tentam negociar com suas mentes essa escapadinha dos estudos. Mas, assim como haverá outras Provas da OAB, também haverá outros Carnavais.
 
Além disso, o candidato deve considerar o seu ritmo de estudo, que pode ser totalmente quebrado por uma pausa tão significativa. Para ser aprovado na OAB não basta estudar, é necessário que se chegue no dia da prova a todo o vapor.
 
 

Pouco Tempo restante até o dia da prova

Atualmente, faltam pouco mais de 30 dias até a próxima edição da prova Objetiva do Exame da OAB, o que para alguns pode parecer muito, para outros é muito pouco. Se o examinando não pretende prestar essa 1ª fase ou, ainda, aguarda a repescagem da próxima 2ª fase, o tempo seria maior e talvez fosse possível considerar um pouco de curtição em detrimento do estudo para OAB. Do contrário, é um tempo bastante exíguo e, em caso de eventual reprovação, acredite, não seriam poucos os arrependimentos de não ter estudado um pouquinho mais durante o Carnaval.
 
Há três coisas na vida que nunca voltam atrás: a flecha lançada, a palavra pronunciada e a oportunidade perdida.
 
 

Leia Também
1ª Fase da OAB – Há tempo para Estudar TUDO?

É possível conciliar estudo e Carnaval?

Uma das piores coisas que pode acontecer, é estar em um momento de lazer pensando que deveria estar estudando e estar estudando pensando que poderia estar fazendo outra coisa.
 
Mas, se, apesar de tudo, o candidato pretender conciliar folia e estudo, será necessária uma negociação. No livro “O Poder do Hábito”, de Charles Duhigg, uma das formas propostas para a construção de um hábito – no caso dos examinandos, o estudo – é o estabelecimento de um sistema de recompensas.
 
Então, quem pretende conciliar o estudo e a folia, o ideal é determinar uma meta a ser alcançada (ler X páginas, resolver X questões, assistir X videoaulas etc.), para que, posteriormente, permita-se gozar do momento de lazer sem qualquer sentimento de culpa.
 
Desejo a todos um bom Carnaval de muito estudo.
E lembre-se: se beber, não estude!!
 
=)
 
 

Deixe seu Comentário