Absolutamente TUDO para sua Aprovação na OAB

Blog do Curso Prova da Ordem

Como se preparar para 2ª fase da OAB
Avatar Lucas Avila

por

Professor, advogado, especialista em Direito e Processo Civil, bem como na Prova da OAB e técnicas de estudo. Me siga no instagram: @proflucasavila

Como se Preparar para 2ª Fase da OAB em 60 dias

O tempo de estudo para prova prático-profissional sempre é exíguo, mas há como se preparar para 2ª fase da OAB em 60 dias com plenas condições de ser aprovado.

E o que justifica minha convicção nessa afirmação é muito simples: esse prazo é, mais ou menos, o tempo que todos que passam na 1ª fase têm para estudar até o dia da prova prático-profissional.

Se você começa a estudar no dia seguinte à aplicação da prova objetiva, por exemplo, você consegue esticar esse tempo de preparação até uns 76, 77 dias, mas não mais que isso.

Dessa forma, embora cada dia de estudo seja valioso, não é porque você começou a estudar faltando 60 dias para 2ª fase que suas chances serão muito menores.

Aliás, é até saudável você tirar uma semana após a 1ª fase para colocar seu planejamento em ordem (organizar material, rotina, escolher o curso para 2ª fase de sua preferência, etc.), antes de engrenar sua preparação com tudo.

Mas se você está dentro desse você não ficou para trás, fique tranquilo.

Obs.: Considero uma preparação com menos de 50 dias como emergencial. Então fique atento para não deixar o prazo apertar muito.

Mas eu sei que não adianta somente eu afirmar que esse tempo é suficiente para te convencer disso.

Por isso, nesta publicação trarei algumas dicas para que seu estudo seja fluído e para que você consiga visualizar, na prática, que uma preparação para 2ª fase da OAB em 60 dias é perfeitamente factível e eficaz.

Se você quer saber quais são elas, continue lendo.

Comece do mais para o menos

Apesar de você ter escolhido uma única disciplina na qual prestar a 2ª fase da OAB, isso não significa que você terá menos trabalho na hora de estudar.

A prova prático-profissional exige o conhecimento de um número maior de detalhes. Por isso, a quantidade de conteúdo ainda é significativa.

Dessa forma, para conseguir dar conta de tudo você terá que definir prioridades.

O exame de ordem é uma prova com uma amostragem significativa de avaliações. Afinal, em regra, são três provas por ano.

Então aqui vai a primeira dica desta publicação: comece pelas peças e assuntos mais cobrados.

Se você fizer a análise do histórico de uma amostragem de 10 ou mais avaliações, poderá perceber que há temas e institutos processuais mais recorrentes em relação aos outros.

Este deve ser seu ponto de partida.

Siga essa linha até chegar nos assuntos menos recorrentes.

Conheça nosso Roteiro de Estudos Gratuito para 2ª fase da OAB.

Se dedique a entender a forma da prova

Muitas das reprovações na 2ª fase da OAB passam por detalhes sobre a forma como o conteúdo deve ser apresentado para que você consiga a pontuação.

Ou seja, a maneira como você deve construir a peça e a resposta das questões são diferentes da realidade prática da advocacia.

Apesar de o exame de ordem visar a aferição da capacidade do candidato para o exercício da advocacia, ele não perde o seu caráter de prova, com quesitos de avaliação.

Aquele famoso princípio que você aprendeu na faculdade, chamado Iura novit curia (O juiz conhece a lei), não se aplica.

Muitas vezes será preciso construir um ou outro tópico que é deixado de lado no dia-a-dia da redação de peças processuais, mas que na prova da OAB é objeto de avaliação.

São detalhes que, somados, podem ser o divisor de águas entre a aprovação e a reprovação.

Por isso, estude, principalmente, os gabaritos das provas anteriores para que você consiga compreender exatamente o que deve constar na redação da sua prova prático-profissional para que o examinador atribua o ponto.

Embora seja dito que a 2ª fase da OAB é subjetiva, os critérios de avaliação são objetivos.

Então preste atenção nisso.

Promoção Quarentena Curso 2ª Fase OABPromoção Quarentena Curso 2ª Fase OAB

📹 Melhores Cursos Online para 2ª Fase OAB

Nossos cursos para a 2ª Fase da OAB têm como meta a Aprovação de todos alunos na prova prático-profissional. As aulas são super objetivas, apresentando como elaborar cada uma das possíveis peças cobradas pela OAB/FGV. O resultado dessa abordagem prática de ensino-aprendizagem consolida-se na formação de examinandos muito mais capacitados para enfrentar a 2ª Fase da OAB.

Vale lembrar ainda que nossos cursos estão com 58% de desconto para os primeiros 100 alunos que realizarem matrícula para o XXXI Exame OAB. Por apenas 12x de R$ 25 você já pode preparar sua aprovação na prova-prático profissional.

Saiba mais detalhes →

Seja objetivo e mire unicamente a aprovação

O exame de ordem é romantizado por grande parte dos examinandos. Mas ele é apenas uma prova como tantas outras, e é assim que você deve encará-la.

Ser aprovado, significa que você esta apto para advogar segundo os critérios de avaliação estabelecidos pela OAB e nada mais.

Não será durante o processo de preparação que você se tornará um jurista de alto calibre, doutrinador ou qualquer coisa do tipo.

Tire esse peso da sua consciência e deixe um pouco de lado a doutrina para dar atenção ao que realmente importa para ser aprovado.

Se você faz uma pós-graduação ou algum curso que vá mais profundamente nas questões do Direito, embora reflitam positivamente de forma geral, não servem nem podem ser considerados como preparação para o exame de ordem.

A prova da OAB exige pragmatismo, saber jogar o jogo para sair vitorioso.

Ou seja, isso vai além do que qualquer doutrina pode lhe fornecer. É um estudo específico sobre uma prova que você só terá que passar uma vez.

Assim, seu único objetivo durante a preparação deve ser vencer a prova e fazer tudo que for preciso para alcançar esse fim específico.

Faça simulados. Quanto mais, melhor.

Tudo que dissemos até agora é importante, mas penso que nada se compara a necessidade de fazer simulados.

Muitas pessoas evitam o exercício de resolução de provas. As justificativas e razões que levam a isso são muitas.

Já estive aí no seu lugar e sei como é.

Mas acredite, é o maior pecado que você pode cometer na preparação para 2ª fase.

Chegar no dia da prova sem conhecer o que está por vir derruba muita gente.

É o simulado que te dará parâmetros para que você possa identificar pontos que precisam ser melhorados, bem como, é através dele que você se habituará a escrita manual.

E esse são só alguns dos benefícios dos simulados. Eu poderia citar, ainda:

  • Melhorias na noção de gestão do tempo de prova;
  • Otimização da navegação no vade mecum para encontrar as teses e respostas;
  • Aumento da segurança para enfrentar a prova real;
  • Treino da estratégia de construção das respostas, teses e esqueletos das peças processuais;
  • E muito outros.

Assim sendo, é muito importante deixar qualquer justificativa que você tenha para não fazer simulados de lado se você deseja ser aprovado sem sofrimento.

Dessa forma, não há aula ou leitura que substitua o simulado, que é um elemento essencial de uma preparação para OAB de sucesso.

Por isso, faça simulados! Quanto mais, melhor.

Abandone o “e se?”

Duas coisas que me perguntam SEMPRE: a) Você acha que tal peça tem chance de cair? b) E se cai tal coisa, que não estudei ou não sei?

Em relação à primeira pergunta, a resposta sempre vai ser SIM. Afinal, não há nada no edital ou em qualquer lugar que restrinja a possibilidade de que qualquer instituto seja cobrado.

Há, claro, aqueles menos prováveis de serem objeto de avaliação (por serem simples, ou demasiado complexos), mas mesmo esses podem cair na prova.

Ou seja, até que se diga o contrário, qualquer peça pode estar na avaliação.

O resto é especulação.

Mas é a segunda pergunta que tira o sono de mais pessoas.

A razão é simples, é normal que haja algo que você domina menos dentro da matéria, ou que não teve espaço em seu planejamento de estudos para ser visto e aprendido em tempo hábil, ou, ainda, que é aquela exceção da exceção que deixa até os Ministros do Supremo em dúvida.

E conforme a ansiedade aumenta, o pensamento de que pode cair exatamente esses institutos e assuntos também se torna mais recorrente.

Todavia, a preocupação sobre isso é mais prejudicial do que a eventualidade de algum desses pontos serem cobrados na prova.

Ah, mas e se cair? Se cair, você terá que enfrentar. Mas sofrer antecipadamente por essa possibilidade não é nada produtivo.

Como diz o popular: O que não tem remédio, remediado está.

Dessa forma, para que sua preparação para 2ª fase em 60 dias possa fluir com máxima eficiência, abandone o “e se” e foque apenas no que existe de concreto.

Dicas Finais para sua Preparação para 2ª fase da OAB em 60 dias

Para finalizar, tratarei de dois tópicos menores mas não menos importantes.

A 2ª fase é difícil, mas não mais do que você imagina

Um dos maiores inimigos da sua preparação para 2ª fase em 60 dias é o seu imaginário.

Assim como há quem romantize o exame de ordem, também há quem exagere na mística da sua complexidade.

Sim, a prova prático-profissional é difícil. Mas, certamente, não mais do que sua mente consegue criar.

Há quem fique tão paranoico com isso, que no dia da prova fica garimpando supostas “cascas de banana” e “exceções secretas” inseridas de maneira subliminar pelo examinador.

Como resultado, pode acabar tornando a resposta de algo que era simples em um grande emaranhado de ideias que fogem do tema e deixar de receber o ponto.

Não seja essa pessoa.

Se você analisar o padrão de respostas de provas anteriores, verás que as respostas são objetivas e que os temas “exceção da exceção da exceção” são bem raros.

Faça um curso especializado em exame de ordem para alinhar sua rotina de preparação para 2ª fase da OAB em 60 dias

Como dito anteriormente, a 2ª fase da OAB, embora tenha semelhanças, é diferente da vida prática do advogado.

Assim, mesmo que você já tenha experiência em escritórios de advocacia, isso não significa que você está preparado para desenvolver uma peça que agrade o examinador.

E é nesse ponto que um curso preparatório para 2ª fase da OAB faz bastante diferença.

Um curso especializado, que facilite essa compreensão, esclareça sobre a forma correta de redação e que direcione seu estudo, tornará o processo mais simples e menos doloroso.

Além disso, e talvez ainda mais importante, é que você terá professores com quem tirar eventuais dúvidas sobre os assuntos, institutos e detalhes importantes da prova (marcação do vade mecum, estruturação das peças, etc.)

Dá para passar sem cursinho? Sim. Mas acredite, na 2ª fase ele faz muito mais diferença que na etapa objetiva.

Era isso que tinha para trazer para você que está entrando nesse processo de preparação para 2ª fase da OAB em 60 dias.

Se você leu até aqui e gostou deste conteúdo, compartilhe com seus amigos que também estão na luta pela aprovação.

Conte sempre conosco e até mais.

Promoção Quarentena Curso 2ª Fase OABPromoção Quarentena Curso 2ª Fase OAB

📹 Melhores Cursos Online para 2ª Fase OAB

Nossos cursos para a 2ª Fase da OAB têm como meta a Aprovação de todos alunos na prova prático-profissional. As aulas são super objetivas, apresentando como elaborar cada uma das possíveis peças cobradas pela OAB/FGV. O resultado dessa abordagem prática de ensino-aprendizagem consolida-se na formação de examinandos muito mais capacitados para enfrentar a 2ª Fase da OAB.

Vale lembrar ainda que nossos cursos estão com 58% de desconto para os primeiros 100 alunos que realizarem matrícula para o XXXI Exame OAB. Por apenas 12x de R$ 25 você já pode preparar sua aprovação na prova-prático profissional.

Saiba mais detalhes →

Confira também:

Receba com exclusividade nossas publicações sobre o Exame de Ordem

Preencha seu nome e e-mail para ficar por dentro de todas as novidades sobre a Prova da OAB.

Informe o seu nome.
Informe o seu e-mail.