Entrevista com Aprovada no Exame da OAB

Entrevista com Aprovada no Exame da OAB
Na matéria de hoje iremos trazer uma entrevista com Cristiane Cota, editora das FanPages Central de Dicas para OAB e Direito em Conquista. A entrevista trata sobre as dificuldades que ela enfrentou para conquistar sua aprovação e dicas para aqueles que irão participar do Exame de Ordem. Atualmente a Cris vem se dedicando a um projeto muito interessante, que visa ajudar outros examinandos a conquistarem sua aprovação através de um Grupo de Estudos criado no Facebook para troca de experiências, materiais de estudo e dicas de prova. Ou seja, se você ainda não conhece a Cris ou não participa de seu Grupo de Estudos, provavelmente não deve estar se dedicando o suficiente!!!

Cristiane Cota - Central dicas para OAB
 
Cristiane L. Cota
Currículo Lattes

 
 
 
 
 
 
Gostaria que você se apresentasse. Se possível dizer seu nome, quantos anos você tem e onde você mora.
 
Meu nome é Cristiane Cota, tenho 22 anos e moro em Belo Horizonte/MG.
 
 
 
Porque você escolheu o Curso de Direito?
 
No ensino médio eu nunca fui boa com Exatas e Biológicas.
Na época que estudei para o vestibular, escolhi as matérias que mais sabia e fui ver quais graduações exigiam história e geografia na segunda fase (minhas paixões). Acabei tentando Direito na UEMG e Ciências Sociais na UFV, sendo aprovada nas duas. Lembro-me que como tinha apenas 17 anos, meu pai teve que assinar a matrícula e dava pra ver que era o sonho dele ter uma filha advogada.
Apesar de, naquela época, ter o sonho de estudar na PUC, por não ter dinheiro para pagar a faculdade optei por cursar a UEMG. Mesmo a Estadual de MG sendo uma excelente Universidade, eu não estava feliz, pois eu queria cursar a PUC.
Quando estava no quarto período eu comprei umas apostilas do ENEM e estudei demais, até física eu aprendi (risos), daí acabei conseguindo uma bolsa integral no PROUNI e me transferi para a PUC. Minha grade estava bem bagunçada, mas fiz matérias de manhã e a noite até conseguir concluir minha graduação em 05 anos, me formando em dezembro de 2013.
 
 
 
Qual foi a Edição do Exame de Ordem que você foi aprovada? Chegou a fazer alguma edição anterior a esta?
 
Fui aprovada no XIII Exame
 
 
 
Por quanto tempo você estudou para a prova de 1ª Fase?
 
Comecei um curso intensivo em janeiro e estudei até o dia da prova, SEM PARAR. Eu tinha fé que valeria a pena. Lembro-me de cronometrar meu tempo de estudo… Foram 10 horas por dia! Se eu parasse para tomar água, eu parava o relógio. Não estou dizendo que para conseguir a aprovação você é obrigado a estudar 10 horas/dia, mas como eu havia me formado e tinha tempo para fazer dessa forma, então eu o fiz.
Minha prioridade era passar, não importava quanto eu teria que me dedicar a isto!
 
 
 
Quais metodologias de estudo você utilizou na 1ª Fase?
 
Videoaulas, muitas videoaulas! E resolver provas de edições anteriores do exame, essa foi a grande sacada para minha aprovação. Eu resolvi mais de 10 provas de edições anteriores!!! Junto às videoaulas e resolução de questões, me lembro de também ler MUITO meu caderno de anotações. Eu intercalava, vídeos, com questões e leitura.
 
 
Quais disciplinas você teve mais dificuldade?
 
Empresarial, Processo Civil e Tributário. Eu realmente não tenho muito afinidade com essas matérias.
 
 
 
Desculpe a indiscrição, mas você poderia dizer qual foi sua nota na 1ª Fase?
 
Eu tirei 59 pontos. Mas se tivesse tirado 40, a felicidade seria a mesma!!!
 
 
 
Como você escolheu a disciplina de 2ª Fase?
 
Eu fui monitora de Direito Penal na PUC, fiz estágio no Ministério Público por 2 anos e também iniciei minha pós graduação em Penal e Processo Penal antes mesmo de ser aprovada na OAB.
 
 
 
Quais foram as metodologias de estudo utilizadas para a 2ª Fase?
 
Basicamente as mesmas da 1ª Fase, videoaulas, resolução de provas de edições anteriores e muita leitura. Refiz todas as provas anteriores, assisti videoaulas de teoria e lia muito minhas anotações. Mas para a 2ª fase, eu estudava 12 horas por dia, começando às 8:00 hrs até meia noite ou próximo a isso. Intercalava algumas pausas, ia almoçar no restaurante e lanchar na padaria para não surtar.
 
 
 
Desculpe a indiscrição, mas você poderia dizer qual foi sua nota na 2ª Fase?
 
Eu tirei 9,45. Fiquei com 4,65 na peça, gabaritei três questões e perdi 0,20 em uma.
A banca examinadora foi extremamente coerente em minha correção. Não me surpreendi. Eu sabia que merecia passar. E se tivesse tirado 6, a alegria seria exatamente a mesma!!!
 
 
 
Qual dica você gostaria de deixar para Bacharéis em Direito que almejam a aprovação no XIV Exame da OAB?
 
Que nunca desistam. Não importa quantas vezes você vai prestar a prova, só não passa quem desiste. E ser reprovado não é sinônimo de ser burro, do mesmo modo que ser aprovado não significa que você é um gênio.
Exame de Ordem é treino, é repetição e isto requer tempo e dedicação.
Sobre os estudos, recomendo que você foque na resolução de provas de edições anteriores. Vejo muitos amigos fazendo 2 ou 3 cursinhos preparatórios, mas negligenciando a importância da resolução de questões, algo que foi decisivo para minha aprovação. O mais importante: Nunca ouça críticas das pessoas, porque elas não sabem o tamanho do seu sonho. E nunca sintam vergonha se a reprovação vier.
Que não tenham “dó” de investir em conhecimento, estudar custa caro mesmo! Mas uma reprovação custa ainda mais, sem contar que vale TUDO para ver seu nome na lista de aprovados.
O caminho pode ser torto, mas a vitória é certa.
Pensamento positivo, SEMPRE!
Esse é o segredo para você chegar lá: o tamanho de sua crença!!
E lembre-se, se você desistir, ninguém vai tentar por você!
😉
 
 
 

Vai prestar Exame da OAB?

Baixe simulado de Ética e Estatuto da OAB – seu foco para esta reta final

Última semana de Estudo – O que priorizar?

 
 

Deixe seu Comentário