Absolutamente TUDO para sua Aprovação na OAB

Blog do Curso Prova da Ordem

Avatar Lucas Avila

por

Advogado, especialista na Prova da OAB e técnicas de estudo.

Foco nos Estudos: Premissa para sua Aprovação na OAB

Prezados leitores, depois de falarmos sobre a fórmula para manter a concentração nos estudos, senti a necessidade de falar sobre foco, que é um tema similar, embora possua algumas importantes diferenças, sendo um dos elementos necessários para que se mantenha a própria concentração.
 

Concentrar-se é o primeiro desafio, mas para manter-se concentrado é preciso ter FOCO!

 
Isso explica por que um café com pessoas se movendo e pedindo bebidas pode ser um lugar MAIS produtivo do que uma biblioteca com um par de estudantes sussurrando nas proximidades. Os ruídos constantes do café se anulam mutuamente, enquanto o casal sussurrando na biblioteca pode ser claramente ouvido no silêncio. Se você se dispersa facilmente durante os estudos, este texto é para você!
 
 

O que é ter Foco?

Foco pode ser conceituado como o conjunto de pensamentos e esforços em prol de um único objetivo, devendo ser refletido em todas as decisões de nosso dia a dia. Se você aceita um convite para cervejada de sábado, sabendo que isso irá prejudicar sua rotina de estudos, por exemplo, isso é um caso evidente da perda de foco.
 
É normal termos contratempos. Penso que por mais focados que estejamos em uma situação, distrações sempre irão surgir, e para quem sabe exatamente o que quer, aquele contratempo não dispersa seu foco no objetivo principal.

Tenha Comprometimento com Você!

Quando deixamos de cumprir nosso cronograma de estudos, estamos enganando / traindo apenas uma pessoa, nós mesmos. O Prof. William Douglas costuma dizer que não podemos estar nos momentos de lazer, pensando nos estudos e nem na hora de estar estudando, pensar no lazer.
 
A perda de foco é claramente retratada nessa situação, em que não fazemos nem uma coisa, nem outra. E o único prejudicado nisso tudo é você. Por isso, comprometa-se com seu objetivo e domine-se!
 
 

O que Você Realmente Quer?

Desejar a aprovação no exame de ordem é natural, como se fosse um selo a ser anexado em nosso diploma de bacharéis, principalmente aos olhos da sociedade. – Não passou na OAB ainda? Eita perguntinha chata heim?!?
 
Que você quer passar na OAB, já imagino. Mas você almeja algo com a sua aprovação além de “completar” o curso de Direito? Se a resposta for duvidosa, isso deve estar contribuindo para a sua perda de foco.
 
Encontre um objetivo maior que a própria aprovação no exame de ordem, faça com que este seja apenas um passo a ser dado em prol de um caminho ainda maior que você almeja na vida. Envolva ele a advocacia ou não. Há um texto muito interessante aqui no Blog do site Prova da Ordem a respeito da Preparação para o Exame da OAB e o Prazer em Apresender.



Não Pergunte sobre o que Não Pode ser Respondido

Às vezes as distrações não vêm do exterior – elas estão surgindo de seu interior! Todo já sentaram para estudar com algumas preocupações e outras distrações internas que invadem nossos pensamentos. “Será que a prova vai ser difícil? Quando é que ela(e) vai me ligar? Será que ainda tenho tempo para finalizar meu TCC?”
 
Quando estas perguntas distraem você deve aceitá-las e, em seguida, exorcizá-las no mesmo instante.
 

  • “Será que ainda tenho tempo para finalizar meu TCC?” Resposta: “Eu não sei a resposta para essa pergunta agora, então não vou focar no que eu não sei.”
  • “Quando é que ela(e) vai me ligar?” Resposta: “Ela vai me ligar quando ela(e) quiser e se não me ligar azar! Como não há resposta para essa pergunta, irei focar no que é mais importante no momento”.
  • “Será que a prova vai ser difícil? Resposta: “Não tenho bola de cristal, focarei nos meus estudos para que não importe a dificuldade da prova.”

 
Parece bobagem, mas se você responder seus próprios questionamentos, você possibilitará focar sua mente de volta em seus verdadeiros objetivos. Se necessário, escreva a preocupação, responda de uma forma simplista e siga em frente.



Livre-se da Negatividade

É impossível concentrar-se em sua preparação se você tem todos os tipos de pensamentos negativos sobre o estudo. Se você é uma daquelas pessoas que dizem: “Eu odeio a estudar!” ou “Estou muito chateado (cansado ou doente), não conseguirei estudar!” – então você deve aprender como inverter esses pensamentos negativos em positivos. É incrível a rapidez com que estudar pode se tornar um fardo terrível se você cultivar a falta de ânimo.
 
O poder do otimismo está além do que muitos chamam de “autoajuda”, a ciência já comprovou através de estudos que pensar positivo diminui as chances de ter depressão e doenças cardíacas e que pessoas otimistas enxergam melhor.
 
Não deixe que os pensamentos negativos afetem a sua mente, perturbem seu coração e faça embaçar a visão de seus objetivos.
 
 

 
 

Receba com exclusividade nossas publicações sobre o Exame de Ordem

Preencha seu nome e e-mail para ficar por dentro de todas as novidades sobre a Prova da OAB.

Informe o seu nome.
Informe o seu e-mail.