Cuidados ao largar o emprego para ter dedicação integral nos Estudos

diferença entre estudar e aprender
Recentemente falei das vantagens de quem trabalha e estuda. E não há como negar, trabalhar também tem lá suas vantagens para quem está se preparando para o exame de ordem. Então desta vez quero falar sobre a circunstância inversa, quando o candidato decide largar mão de tudo para dedicar-se exclusivamente aos estudos, na busca pela aprovação imediata no certame.
 
Vale ressaltar que, evidentemente, cada ser humano possui um contexto de vida único e, por conta disso, nenhum dos pontos que trarei deve ser considerado como verdade universal, podendo ser aplicado no contexto de qualquer examinando. Todavia, espero que sirvam como questões que ao menos balizem e que contribuam de alguma forma para a iluminação de quem está pretendendo deixar tudo de lado e tornar o estudo com o seu mantra diário na busca pela aprovação no exame de ordem.

1 – Custo profissional do isolamento

Nos dias de hoje, acompanhar a dinâmica de um mercado de trabalho advocatício cada vez mais exigente, que busca refinadas competências para o preenchimento das poucas vagas de emprego disponíveis, ficar parado pode deixar algumas pessoas sem ritmo caso precisem voltar a trabalhar depois de algum tempo, já que a construção de uma promissora carreira depende de alguns estágios que obrigatoriamente precisam ser superados.
 
Por isso, é importante que o candidato tenha consciência desta situação para decidir com segurança o período que pretende ficar apenas na companhia dos livros.
 
 

2 – Percepção Financeira

Também não poderia deixar de mencionar o óbvio, algo que sem dúvida deve ser considerado por todos os candidatos na hora de decidir pela opção de deixar de lado o mercado de trabalho para unicamente realizar práticas que lhe direcionem à aprovação no exame da OAB. Salvo, é claro, se a pessoa possui alguma fonte de renda que não dependa do seu investimento de tempo, a regra é que sem trabalho não há remuneração.
 
Se for decidir por não trabalhar, é importante ter em mente que estudar tem um custo e a preparação para exame de ordem exige um certo investimento, diga-se de passagem. Logo, antes de tomar alguma atitude, ter um planejamento financeiro bem formatado pode evitar desconfortos, endividamentos ou insuficiência de meios para que o candidato alcance a aprovação na OAB.
 
 

3 – Falta de tempo

Muitas pessoas que consideram não trabalhar e apenas estudar, optam por esta via sob a justificativa de que o trabalho lhes toma tempo em demasia, horas que poderiam ser convertidas em aprendizado e, consequentemente, antecipando a aprovação no exame de ordem.
 
Todavia, é relevante que o candidato faça uma análise sincera e verifique se não há alguma chance de que uma dose de organização e planejamento através de um bom cronograma de estudos e definição de prioridades não sejam suficientes para resolver a questão.
 
E se realmente for necessário, é importante deixar claro para as pessoas que convivem com o estudante sobre o destino certo destas novas horas que agora lhes serão vagas. Pois, não raro, as pessoas que são próximas ao candidato tendem a “aproveitar”, entendendo que agora há “mais tempo livre”, e lhe requisitam para realização de afazeres e encontros sociais dos mais diversos gêneros.



4 – Ausência de rotina

Outra coisa relevante para ser levada em consideração é se o candidato se sente pronto para lidar com toda a liberdade que a falta de trabalho traz. O que em princípio parece ser uma vantagem deve ser visto com muita cautela, pois, “grandes poderes remetem a grandes responsabilidades” –  Ben Parker. O examinando deve substituir seu trabalho pela rotina de estudos, se possível, integralmente. Evitando, assim, o desperdício de tempo e a perda do foco.
 
 

5 – Aprendizado prático

Esta quinta e última observação serve apenas para as pessoas que estão em algum trabalho que esteja intimamente ligado ao Direito. Superada a possibilidade do lugar em que a pessoa trabalhe seja tóxico, com horários incoerentes e exigências exageradas, o exercício profissional que possibilita a aplicação do conteúdo em casos práticos pode ser bastante positivo para o processo cognitivo do estudante. Então, antes que o estudante decida largar o trabalho na área, é interessante que se tenha consciência da importância do trabalho prático para o aprendizado.
 
E você?
Acha que vale a pena largar o emprego para ficar apenas estudando?
Registre sua opinião na seção de comentários logo abaixo.
 
 

Avalie sua Preparação para a 1ª Fase da OAB

Use ferramentas para Avaliar sua Preparação para o Desafio!

Sempre há aqueles que preferem reinventar a roda e isso é um fato incontestável. Por mais que outras pessoas já tenham esgotado essa primordial invenção, tem gente que prefere inventá-la por conta própria, perdendo o foco naquilo que realmente importa. Caso você não tenha tempo a perder, gostaríamos de propor a utilização de uma ferramenta excelente para monitoramento de sua preparação para Exame de Ordem, levando em consideração justamente o tema central deste artigo, o MAPEAMENTO de competências / conhecimentos para sua aprovação.
 
Para que você possa otimizar seu tempo de estudo através da resolução de questões com acompanhamento de seu desempenho médio em cada matéria, gostaríamos de apresentar os serviços do site Prova da Ordem, especializado na aprovação de bacharéis em direito no Exame da OAB. Para seu melhor entendimento sobre alguns recursos do site, apresentamos as imagens a seguir, ilustrando como nosso sistema monitora seu aproveitamento médio por disciplina.
 
 

Gráfico monitoramento de desempenho médio por matéria

 
Ao longo dos anos em que o Exame de Ordem é aplicado, o site Prova da Ordem construiu uma base de conhecimento GIGANTESCA sobre o Exame, comportando em sua base de dados mais de 100 provas de 1ª e 2ª fase para que bacharéis de direito possam se preparar para o Exame de Ordem. Nas provas objetivas, a equipe de site fornece comentário sobre cada alternativa, apresentando fundamento legal ou jurisprudencial utilizado para interpretar a assertiva como falsa ou verdadeira. Para os examinandos de 2ª fase, o site disponibiliza um sistema online para que o examinando possa corrigir sua peça e questões discursivas, tudo isso sem sair de casa, ao alcance de um clique.
 
Além das provas disponíveis para estudo, o site também fornece material atualizado para sua melhor preparação, com resumos, apostilas, arquivos para download (planilhas, mapas mentais, cronogramas de estudo, etc), legislação em áudio e videoaulas públicas do youtube criteriosamente selecionadas.
 
Para mais detalhes sobre como conquistar sua aprovação na OAB, clique aqui.
 
 

Deixe seu Comentário