Absolutamente TUDO para sua Aprovação na OAB

Blog do Curso Prova da Ordem

Avatar Lucas Avila

por

Advogado, especialista na Prova da OAB e técnicas de estudo.

Autocontrole: o SEGREDO da Produtividade

Se você estuda para o Exame de Ordem e quando o WhatsApp foi bloqueado se sentiu um pouco perdido, então essa publicação foi redigida para você.
 
Para que o estudo tenha resultado há de atentar-se ao trinômio Planejamento, Dedicação e Concentração. E a ausência de qualquer um destes pilares pode comprometer a efetividade da sua preparação para o Exame da OAB. Não são poucas as armadilhas oferecidas pelo mundo moderno para que algum deles sofra abalos: redes sociais, messenger’s e aplicativos de variados usos e gostos…
 
E como fugir disso?
A escapatória chama-se AUTOCONTROLE.
 
Abaixo irei listar atitudes que minam a VIRTUDE do autocontrole e que devem estar prejudicando seus estudos:

1 – Instantaneidade de comunicação

Para se ter uma gestão de qualidade sobre o tempo é necessário respeitar os horários determinados para cada atividade. Pequenas pausas para responder aquela mensagem no WhatsApp / Telegram, e-mail, desntr outros, comprometem sua linha de raciocínio e o nível concentração em que sua mente se encontrava. Para retomar o mesmo estado mental que se tinha antes da pausa levará algum tempo e isso deve ser evitado.
 
Uma forma de contornar essa situação é desativar as configurações de notificação dos aplicativos ou, melhor ainda, desativar a internet no celular e deixar todas as páginas e programas de comunicação fechados até que se conclua o ciclo de estudo pré-determinado. Reserve os intervalos entre um bloco e outro de estudo para realizar essas verificações.
 
 

2 – Ceder ao “soneca” do despertador

Quem nunca utilizou o recurso “soneca” do despertador que atire a primeira pedra. E por incrível que pareça, segundo especialistas, valer-se dessa “benesse” pode ter um impacto bastante negativo na sua disposição.
 
Isso porquê o cérebro adapta-se ao seu período de sono, e mesmo que você não perceba, ele prepara o seu despertar para antes mesmo do soar da campainha. Dessa forma, quando você utiliza tal recurso é como se enganasse o seu cérebro, fazendo com que toda essa “preparação” seja perdida e seu ânimo para o início das atividades do dia já comece no negativo. Por isso, evite o uso do “soneca”.
 
 

3 – Aceitar todos os convites que surgem

Quem se prepara para o exame de ordem sabe como é difícil equilibrar o lazer, trabalho e os estudos. Então, quando você se propõe a estudar de verdade, uma das palavras que você mais deve ter o domínio de uso é o “NÃO”.
 
No momento de aceitar um convite, seja ele qual for, deve-se levar em conta o impacto que isso trará a sua rotina: tempo de descanso (sono), cronograma de estudos, trabalho etc. Se, de alguma forma, tal convite causar interferência de forma que prejudique alguma das suas atividades programadas, não se constranja e recuse sem peso na consciência.



4 – Ser multitarefa no estudo

O aprendizado pressupõe um processo em que cada etapa é importante. No estudo do Direito, especificamente, muitas vezes, o entendimento de um determinado conteúdo depende de outro. Encher o seu cérebro de informações desconexas pode trazer dificuldades de memorização, razão pela qual é recomendado que você dê a atenção necessária para cada ponto do seu roteiro de estudos.
 
 

5 – Perfeccionismo exagerado

Evidentemente que no quesito aprendizado se deve prezar pela máxima compreensão possível da matéria, mas, considerando o volume de conteúdo exigido no exame de ordem, sacrificar o avanço do cronograma de estudos em detrimento de um ponto específico pode ser prejudicial.
 
Assim, caso você não consiga entender determinado tema, às vezes é necessário avançar para posteriormente recobrar a sua análise. A compreensão de determinada matéria, muitas vezes, depende de um amadurecimento do conteúdo em nossas mentes que só vem com o tempo.
 

“Feito é melhor do que perfeito. (…) Mirar a perfeição causa frustração, no melhor [cenário], e paralisia, no pior” – Sheryl Sandberg – COO do Facebook

 
 

6 – Má alimentação

Ter uma alimentação voltada ao melhor rendimento no exame de ordem é uma questão vital durante a sua preparação.
 
Manter uma alimentação desequilibrada pode causar indisposição, bem como, na falta de nutrientes específicos, dificuldades de memorização e aprendizado.
 
Por isso, manter o controle e evitar alimentos pesados, de difícil digestão, pode fazer muita diferença. Opte por cereais, peixes gordos, frutas e verduras.
 
 
 

Sua Aprovação não foi dessa vez?

Estude através das Provas Anteriores do Exame de Ordem!

Se você está com dificuldades para conquistar sua aprovação no Exame de Ordem você PRECISA conhecer os serviços do site Prova da Ordem, especializado na aprovação de bacharéis em direito no Exame da OAB. Ao longo dos anos em que o Exame de Ordem é aplicado, o site Prova da Ordem construiu uma base de conhecimento GIGANTESCA sobre o Exame, comportando em sua base de dados mais de 100 provas de 1ª e 2ª fase para que bacharéis de direito possam se preparar para o Exame de Ordem. Nas provas objetivas, a equipe de site fornece comentário sobre cada alternativa, apresentando fundamento legal ou jurisprudencial utilizado para interpretar a assertiva como falsa ou verdadeira. Para os examinandos de 2ª fase, o site disponibiliza um sistema online para que o examinando possa corrigir sua peça e questões discursivas, tudo isso sem sair de casa, ao alcance de um clique.
 
Além das provas disponíveis para estudo, o site também fornece material atualizado para sua melhor preparação, com resumos, apostilas, arquivos para download (planilhas, mapas mentais, cronogramas de estudo, etc), legislação em áudio e videoaulas públicas do youtube criteriosamente selecionadas.
 
Para mais detalhes sobre como conquistar sua aprovação na OAB, clique aqui.
 
 

Receba com exclusividade nossas publicações sobre o Exame de Ordem

Preencha seu nome e e-mail para ficar por dentro de todas as novidades sobre a Prova da OAB.

Informe o seu nome.
Informe o seu e-mail.