Qual será a Peça Cobrada na 2ª Fase do XXII Exame OAB?

Qual Peça Cobrada na 2ª Fase do XXII Exame OAB
Domingo (28) será aplicada a prova prático-profissional do XXII Exame de Ordem. A essa altura todos já estudaram o que foi possível para a prova e resta mesmo agora apenas aguardar pelo momento da prova. A pergunta que mais chegou a mim nesses dias que antecedem o dia “D” foi:  “Qual será a Peça Cobrada na 2ª Fase?” E se você está aqui, certamente é algo que você também gostaria de saber.
 
No imaginário dos examinandos, existe alguma informação secreta ou conexão espiritual que possibilita que os professores adivinhem a peça processual da prova prático-profissional. Mas não há! Em todos os meus anos de experiência com o Exame de Ordem, vi pouquíssimos casos de professores que acertaram exatamente a peça. E isso facilmente se justifica que aconteça às vezes, se considerarmos que cada professor tem seu palpite, eventualmente, alguém acertará.
 
Há quem apresente estatísticas, histórico de provas anteriores etc., mas, de fato, pode cair algo jamais cobrado. Como, também, pode se repetir a peça da edição anterior, como já vimos muitas vezes.

Mas sempre tem um professor com um Pressentimento sobre Peça Cobrada na 2ª Fase…

Uma candidata que entrou em contato comigo, afirmou que em determinado curso preparatório, em Direito Penal, o professor acreditava na possibilidade de alguma peça que abordasse crimes de ordem tributária, por exemplo. Mas com base em que? Mas e se ele acerta? É um tiro no escuro.
 
Então, se não há lógica que dê guarida a esses palpites, por que os professores dos cursos preparatórios continuam a fazer essas previsões?
 
Em análise preliminar, é possível pensar que se trata de pura e simples estratégia comercial. Afinal, caso ele acerte, a informação se difundirá e isso renderia muitos novos matriculados no seu curso na próxima edição da prova. Sim, é possível que seja isso.
 
Mas conhecendo o meio, acredito que esta não seja a principal razão que motive alguns professores a fazer essas suposições aos seus alunos. Há outra coisa por trás, algo muito importante: Esperança e Confiança.
 
Claro que ele também receberá os louros do seu eventual acerto, mas a sensação da maioria nesse tempo que antecede a prova é de insegurança e pessimismo. Ter a informação, mesmo que fictícia, sobre a possibilidade de saber antecipadamente qual peça será cobrada, traz algo a que o candidato possa se agarrar, se sentir mais firme e mais preparado para enfrentar a prova com menos ansiedade.
 
É isso que ele busca quando pergunta ao professor qual peça pode ser cobrada.
 
Diante disso, não posso deixar de mencionar algo que ouvi a muito tempo, quando me preparava para enfrentar a 2ª fase da OAB, tal como vocês hoje. Certa feita, o professor Renato Montans, de Direito Processual Civil, quando perguntado sobre a Peça Cobrada na 2ª Fase, respondeu: “Vai ser uma Inicial, uma Contestação ou um Recurso. Pessoal, vai cair a peça que vocês estudaram!”
 
Na ocasião, lembro que essas palavras foram com flechas que derrubaram minhas incertezas. Ele estava certo, estamos prontos para resolver quaisquer dos problemas que a FGV apresente.
 
Jamais esqueci. É algo que se pode aplicar em diversos aspectos da vida.
 
É legal mentalizar uma peça e ela vir a ser exatamente o problema da prova? Sim, é legal. Mas mais legal ainda, é você saber que não importa a peça, você está pronto para resolvê-la.
 
E é essa a mensagem que deixo para você que nesse momento está buscando algo em que se agarrar, agarre-se em tudo que você estudou e que irá cair uma peça que você sabe resolver, porque estudou para isso.
 
Não tenha medo.
Será só mais um dia no seu escritório.
Confie no seu taco e busque essa aprovação!
 

 
 
Lucas Ávila
Meu nome é Lucas Ávila, advogado, professor e escritor nas horas vagas aqui do blog do Portal Prova da Ordem. Além disso, tenho oferecido a um seleto grupo, preparação individualizada para Exame de Ordem – Coaching OAB. Essa metodologia tem se demonstrado MUITO eficaz, uma vez que tenho aprimorado ao longo dos anos que venho trabalhando com Exame de Ordem.
 
 

Deixe seu Comentário